quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Quando cai a chuva do amor

Era pequenininho e arisco. Dividia a vida dura com a mãe e os dez irmãos em uma pequena cidade do interior onde a luta pela sobrevivência era o desafio diário. Um dia descobriu que a vida poderia ser ainda mais dura, pois além das privações suas de cada dia teria que conviver com uma doença terrível que tomava o seu corpinho. A miséria, aliada à falta de informações e ao desconhecimento total da gravidade da situação, certamente significaria uma batalha perdida pelo pequeno guerreiro.

Mas quem disse que os anjos de Deus não andam por todos os lugares com suas redes salvadoras, tecidas com amor e abnegação?


 A tristeza e o medo no olhar eram tão evidentes que feriam olhos e corações. Em que parte da sua caminhada havia perdido o sorriso e a esperança? Seus anjos começam um trabalho de formiguinha, ganhando a confiança, trazendo pequenas gotas de colorido à sua vida.

Ganhou, além de uma nova chance, o resgate da sua infância perdida em meio  à vida dura. Ganhou tantas tias, atenção, beijos e carinho, que se podia vislumbrar a esperança em seu rostinho.



No meio dos afagos e brinquedos foi descobrindo a infância esquecida, mesmo em meio a um tratamento difícil e doloroso.







Quem o vê agora percebe que uma parte de si foi devolvida, a parte mais importante, mais linda:






Se tudo tem um propósito, talvez tudo isso tenha servido para te resgatar e mostrar que tudo pode ser mais bonito e colorido. Que o amor pode ser o remédio mais eficaz.  Que os anjos que te resgataram têm tanto brilho no olhar que puderam devolver o que você havia perdido sem ao menos se dar conta.

Termina logo a sua batalha, menino. A vida te espera como o pote no fim do arco-íris! Vem correr, jogar bola, fazer arte, dar cambalhota. Vem cantar e nos encantar. Eis que você nasce agora.

9 comentários:

Felicidade em quatro atos disse...

Que menino lindo...espero que fique bom logo e vá ser criança novamente.

Administrador disse...

Ai Fernanda... Deus abençoe essas suas palavras e sempre te inspire para nos proporcionar emoções... A modificação em Alisson é um sopro de vida para todos nós... Te amo amiga!!!

Silvana disse...

Que lindo Fernanda !! vc falou tudo e me emocionou muito.vc tem o dom da palavra né? tenho certeza que Deus na sua infinita misericórdia vai devolver ao Alisson a sua infância.vc é show Fernandinha. bjoss

Roberta disse...

ai, ai, ai...chorando e lendo. ele ficou curado totalmente? espero que sim.

Fernanda disse...

Obrigada, gente. Alisson, o guerreiro da foto, é digno de muitos aplausos por sua garra e vontade de viver.

Roberta, ele fez quimios e depois a cirurgia para retirada do tumor. Se Deus quiser falta pouco para a alta.

。♥ Smareis ♥。 disse...

Que Deus dê unção necessária pra que o menino seja curado , e que possa ter sua vida de volta, e crescer com muita alegria no seio da família. Deus jamais deixa uma criança triste. Beijos e ótima semana.

Ladjane disse...

Oi amiga querida...
Deus realmente é maravilhoso... e qdo encontramos pessoas maravilhosas como vc é que temos a certeza da Sua existencia.
Vc é iluminada e transborda essa luz para todos que te conhecem...
Obrigada por existir em nossas vidas.
Estamos com saudades...
E a "nossa bolinha" está cada dia mais fofa...
Um bj enorme

Talita disse...

espero que ele melhore rápido, e posso brincar e curtir sua infância como toda criança merece.

bjss

Daniele Barizon disse...

Linda homenagem!! Que Deus o abençoe e que possa logo viver a infância em toda sua plenitude!

Bjs!!