quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Tem jeito?



Depois de mais um lamentável episódio de ignorância e preconceito contra os nordestinos, a resposta de um jovem que pensa. Leiam, vale a pena:



Cara Sophia Fernandes, (se esse for mesmo seu nome)

Antes de falar o que penso a respeito de suas opiniões emitidas em sua página no Twitter onde você expôs seu repúdio pelos nordestinos, queria parabenizá-la por duas coisas, pelo sucesso alcançado com suas postagens, se é que isso é algo que mereça congratulações, e pela ousadia e coragem de falar em público o que muitos brasileiros pensam e omitem. Se sua atitude fosse repetida por todos aqueles preconceituosos omissos, haveria a possibilidade de se esclarecer alguns estigmas ao invés de escondê-los sob uma capa de falso moralismo como acontece corriqueiramente.
Quando você nos chama de negros imundos, sujos, etc., você evidencia se não a sua mediocridade racista, a sua ignorância. Admira-me que você, que deduzo, teve acesso a uma educação privilegiada não saiba as origens do povo brasileiro, e conseqüentemente, as suas origens. Branco, no Brasil, é algo raro! O Brasil colonial que originou nossa civilização não era habitado exclusivamente por lusitanos, foram mandados para cá pessoas de diversas etnias, que procriaram entre si, originando raças mestiças de diversas tonalidades, algumas mais claras, outras mais escuras, mas todos vindos da mesma mistura! Então como pode você, que provavelmente tem correndo em suas veias sangue negro, indígena, ariano e tantos outros misturados, se achar biologicamente superior a alguém cuja única característica dissonante é uma maior produção de melanina¿

Ao afirmar que nós passamos fome, você não está mentindo, está apenas generalizando. Claro que no nordeste muitos passam fome, existem muitos miseráveis. Entretanto a fome é um problema vigente também em seu Estado, em todo o nosso país, até mesmo em países mais desenvolvidos que nós. Países europeus possuem mendigos de cor branca, que você tanto superestima, morrendo de fome todos os dias. A fome não é um problema geográfico, e se o fosse, seria um fenômeno verificado na totalidade da superfície terrestre, com exceção de sua geladeira, é óbvio. Não é querendo parafrasear uma citação famosa que diz que o nordestino é antes de tudo um forte, mas a verdade é que temos mais motivos de nos orgulhar por nossos antepassados terem sobrevivido e prosperado apesar das limitações sociais e porque não, geográficas, do que você tem de se orgulhar por nascer bela, rica e inteligente, porque no fim das contas, você não fez o menor esforço para isso, lhe foi dado, e convenhamos, é mais árduo, porém muito mais gratificante algo conquistado do que algo achado, um dia talvez você entenda isso...

Somos feios, imundos, sujos, burros, etc. e tal! Ok! Se nos seus olhos aparecemos assim, é porque você admite um estereótipo ao qual somos constantemente associados. Não lhe culpo de falta de caráter por nos enxergar assim, lhe culpo de ignorância, pois quando se fala em áfrica, todos nós sem exceção, pensamos em negros, famintos; quando se fala na Alemanha, todos, sem exceção pensamos em nazistas xenofóbicos, quando se fala em México, todos nós remetemos de imediato a enormes chapéus, bigodes e comidas apimentadas, mas a verdade é que a realidade não se limita a isso. Você pode estereotipar, mas prepare-se para ser estereotipada, pois eu tenho uma péssima notícia para você:

Sabe aqueles povos, brancos, cultos, limpos, ricos, os quais você provavelmente admira¿
- Eles não lhe vêem do mesmo modo narcisista que você! Para qualquer um, em qualquer país em condição econômica igual ou superior à nossa, você não passa se uma prostituta, sambista, analfabeta, passa-fome, etc.! Mas claro que você não é isso, então porque nós somos o retrato que você, mergulhada em sua ignorância, pinta de nós mesmos¿

Ao contrário do que você pensa, ou do que seu narcisismo ofuscante lhe faz pensar, você não é tão perfeita assim! Externamente você pode até ser bonita, mas no que diz respeito à construção interna, intelectual ou de caráter, você é tudo aquilo que nos atribui. Vários adjetivos podem ser usados para descrever o seu caráter, mas um em especial, freqüente em seus comentários, o define integralmente: LIXO! Mas se você almejava apenas ser diferente dos outros, parabéns, você conseguiu! Você agora é mais fútil, arrogante, estúpida e vazia do que a maioria dos internautas que lhe seguem...
Termino falando em nome de todos os nordestinos quando digo que o repúdio que você tem por nós é recíproco e que, quanto aos convites para conhecer nossa região que você menosprezou recentemente, desconsidere! Pois você não é bem-vinda aqui! Nem você nem ninguém de caráter degradante como o seu, pois se somos uma terra de animais, um animal sulista como você não iria acrescentar muito só por estar devidamente maquiado e produzido...

Espero ansiosamente por uma resposta! Que seja à altura, pois de babaquice seu Twitter já está cheio!

“Estereótipo é a forma mais medíocre de preconceito”



Jhonny Lucas, Universitário, Nordestino, Pernambucano e Recifense com muito orgulho!

11 comentários:

Olho no olho. disse...

Quando ouvi num programa de rádio o presidente da OAB de Pernambuco mencionando esse fato desagradável e comparando com outro exemplo de uma aluna de direito que no ano passado cometeu o mesmo crime e está sendo punida. E que a OAB de Pernambuco está tomando as atitudes legais para punir essa moça na forma da lei, fui buscar na internet as postagens dela no twitter.
O que vi e li foram estarrecedor, mas infelizmente para mim nada de novo. Lembre-se que no passado morei durante oito anos num estado do sul desse país e senti na pele esse racismo camuflado.
O fato é que os racistas são como formigas escondidas, que saem à noite de suas tocas em busca das migalhas que inadvertidamente deixamos durante o dia. Nós sabemos que eles (as) existem, mas só as vemos de vez quando por meio de algum (a) ignorante que sai do armário destilando seu veneno sobre um povo que julgam serem inferiores a eles.
Prefiro enaltecer os bons que existem espalhados por todo esse lindo país e deixar esses tolos (as) se machucarem pela vida até o dia que finalmente amadurecerem e descobrirem o tempo que perderam destilando veneno, quando deveriam ter aproveitado esse tempo para conhecer e amar esse lindo país.

Talita disse...

infelizmente o brasileiro não sabe respeitar a diversidade da sua própria cultura, e ainda sonha em conquistar o mundo.

é triste ver uma pessoa que tem estudos, oportunidades, e dona de uma cabeça pequena.

bjss

Roberta disse...

que bom que ainda existem muitos jovens inteligentes e críticos. que pena que o mundo está cheio de lixo humano como essa pessoa que postou no twitter...uns nos enchem de alegria, outros nos envergonham ao extremo. que moça ignorante, sem informação. essa arrogância ao mesmo tempo em que me enoja me assusta! essas miniaturas de hitler têm que parar de derramar ideias criminosas no seu rastro!

espero que a justiça funcione...ansiosamente.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Hoje minha visita é para agradecer
o presente que é para mim
a sua amizade,
e também desejar
um maravilhoso Natal,
onde possas encontrar nestes dias
ainda mais inspiração
para a alegria de ser feliz,
e para o milagre de fazer
quem passa por tua vida feliz.

Que o teu olhar seja a mais perfeita
luz do Natal a enfeitar o mundo.

Daniele Barizon disse...

É o lamentável fato de que a Internet e as redes sociais, ainda que maravilhosas ferramentas de integração, comportam esse tipo coisa baixa e vil também... Mas, para cada covarde que aparece, anônimo ou não, tem milhares de pessoas cheias de boas intenções e de boa vontade, capazes de dar resposta à altura.

BJS E BOAS FESTAS, FELICIDADES A VC E À FAMÍLIA!!

Talita disse...

"A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida."

Beijos!!! Um Feliz Natal!!

Angel@ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angel@ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angel@ disse...

Oi,Fernanda!
Infelizmente ainda existem pessoas preconceituosas e ignorantes, que não sabem respeitar e valorizar as diferenças culturais, esquecendo-se de que somos todos humanos e iguais perante a Deus e aos homens. Parabéns ao jovem Jhonny Lucas pela brilhante resposta oferecida à esta garota infeliz , que é o que ela realmente deve ser, pois somente pessoas infelizes sentem prazer em menosprezar e ofender os outros dessa forma. Esta garota não deve saber que o povo nordestino é super educado, hospitaleiro,batalhador, amigo e cheio de alegria. São qualidades que ela certamente desconhece, coitada!!! E parabéns a você também Fernanda, por divulgar este triste fato e esta belíssima aula de respeito ao próximo.
Muito obrigada pela sua presença em meu blog durante este ano. Que você e sua família sejam sempre abençoados pela luz infinita de Deus!
Com muito carinho,
Angela

Leandro Lima disse...

é infelizmente que ainda vemos pessoas assim =/
Gostei muito da sua postagem.
Fique com Deus.

Talita disse...

Mais uma etapa concluída, mais um ano que passou que você tenha conseguido aproveitar tudo de bom que Deus lhe ofereceu. Desejo na paz de Deus que você possa sempre encontrar o seu caminho e que este caminho seja trilhado com muita fé, para que cada vez mais você possa acreditar nesse sentimento capaz de transpor obstáculos e ser feliz. Coragem para assumir e enfrentar as dificuldades,perseverança para que jamais desista ou desanime dos seus sonhos,esperança para que a cada novo dia possa a ver novos horizontes. Que as mão de Deus guiem sua vida para que essa transporte em paz, harmonia, saúde e alegria é tudo que lhe desejo neste ano que está começando.
Feliz Ano Novo!