domingo, 19 de junho de 2011

Último suspiro

Domingo é dia de poesia, então posto aqui o poema de Adriano Lachovski, poeta, Personal & Professional Coaching:

Sob o abandono de tua luz.
Cada dia, uma escuridão,
Sob a violenta dor da tua ausência.
O sofrimento da longa espera
Invade-me o corpo inerte,
Rasga-me, fere, enfraquece,
Em meu pesar de esperá-la,
Que o vento sopre e me leve longe...
Esperança! Ainda tenho,
Volta luz, alumia-me!
Tira-me das trevas!
Arranca-me da solidão!
Encoraja-me para o derradeiro encontro!
Volta... Que o último suspiro
Reservei para dar em teus braços!

Visitem também o blog do Adriano para conhecer mais sobre o trabalho do único Coach tetraplégico do Brasil... Portanto, o único TETRACOACH em http://adrianolachovski.blogspot.com/

10 comentários:

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Que poesia mais linda! Adorei o post Fernanda, bem escolhida essa poesia para o domingo.
Beijokas e tenhas uma semana de paz.

João disse...

Olá, Nanda!
Belíssima homenagem ao Adriano.Muito linda!
Adorei o post. Tenhas uma ótima semana!
Eu estive trabalhando neste fim de semana, como fiscal de provas da Procuradoria-Geral da República. Só hoje pude entrar na internet e ver as novidades. Hiper abraço iluminado. TE ADORO! João, poeta.
Até mais!

Marcelly Villas Boas disse...

Que coisa mais linda...
Delicadeza de palavras, grande história de vida!
Meus sinceros parabéns a Adriano, e à você, por ter divulgado esta linda poesia pra todos nós.

Saudades.
Beijo grande!

Van disse...

Lindo poema, um tanto triste, mas belo!

Vou lá conhecer o blog do Adriano

Beijos Fernanda!

Adriano Lachovski - Coach disse...

Como bem disse o João, considero uma homenagem da FERNANDA a postagem desse meu poema. É um lisonjeio dos mais gratificantes...

Digo para a VAN que não é "um tanto triste", mas todo triste e melancólico rsrs, agora não mais.

Agradeço os elogios feitos por MARCELLY e a MARLY e os aceito, pois somente a sensibilidade é capaz disso.

Um abraço carinhoso,
Adriano Lachovski

Maria Lúcia - Asas da Imaginação disse...

Oi amiga! Obrigada pelo carinho de sua visita.
Vou lá visitar a Ana Luisa; não sabia do ocorrido... que pena; só mesmo um milagre de Deus.
Então por aqui, domingo é dia de poesia? Gostei...rsrsrs.
Beijocas.

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Passando para desejar-te uma noite de muita paz Fernanda!
Beijokas.

A.S. disse...

Fernanda,

Encontrarás a luz sim! Estamos em sintonia... nada acontece por acaso!

Beijos!
AL

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

As palavras inundadas
de sentimentos,
são preciosas
por nos tocarem a alma.

Lindo poema e obrigado
pela dica do blog
do seu amigo.


Vida plena em teus dias.

Ana de Geo disse...

Oi, Fernanda!
Lindo poema! O testemunho de vida do Adriano deveria virar filme, para encorajar os nossos jovens a viver, a valorizar o que tem, e a acreditar que a vida vale muito a pena!
Um forte abraço pra ti!