quarta-feira, 11 de maio de 2011

Tarde


A caminhada é a mesma que faço há alguns anos. O dia está espetacular: entre as nuvens que ultimamente ocupam boa parte do céu, o sol se deixa vislumbrar em tons  alaranjados de final de tarde, banhando as calçadas com a sua luz morna.


O balançar das árvores ao sabor do vento lembra cantigas de ninar que embalam sonhos. Mesmo em meio aos caos da cidade grande a natureza se faz prevalecer com sua força espetacular. Tive a impressão de que as pessoas pararam um instante, apertaram o pause das suas vidas para contemplar o belíssimo por do sol.


Um dia que começa a esmorecer, seu lume gentilmente dando lugar ao sereno. Deixo-me levar pelo instante, derramo todas as minhas inquietudes e permito que só fiquem o bom, o belo, o calmo. Está tudo bem.

*O espetáculo foi parecido com este, que captei outro dia em frente à minha casa.

16 comentários:

Sil Villas-Boas disse...

Bom dia Nanda.
Tuas crônicas estão cada vez mais lindas de se ler.
Posta uma destas nas segundasfeiras, lá no Jardim.
Bjusss
Sil

A Escafandrista disse...

que delicadeza e sensibilidade na observação. Lindo, querida. Beijos e bom final de semana.

Sil Villas-Boas disse...

Lindo post Nanda.
Bjusss
Sil

Palavras Vagabundas disse...

Vim te responder por aqui, pois não localizei um email.
Acho difícil que você encontre o "O Negro na fotografia Brasileira" para baixar pois é um livro de arte!E nisso conta além das fotos, a diagramação e a disposição dos elementos na pagina, que não cabe numa tela de computador, principalmente quando as paginas são duplas. Em algumas livrarias grandes, tipo FNAC , eles disponibizam um volume para ser apreciado, caso queira vê-lo.
bjs
Jussara

@leemdamaris disse...

a vida é assim... sempre msm caminho... as mesma correria... mas sempre tem algo que nos faz sentir melhor e crescer !

beeijos

Sam. disse...

Ah, Fernanda, quem dera mais pessoas, como vc, vissem num cotidiano momento, como o pôr do sol, tão belo espetáculo...
costumamos endurecer tanto o olhar para as maravilhas que se apresentam pra nós todos os dias, que deixamos que a beleza dessas, fique trivial e rotineira...

Parabéns pelo olhar encantado!

Um beijo!

Ana de Geo disse...

Que texto gostoso!
Seus textos sempre me tiram do chão, me levam para algum lugar esquecido dentro de mim, e quando volto, sinto vontade de chorar, de sorrir, de viver mais um pouquinho, só para poder esperar pelo próximo!
Um dia hei de lê-los em algum periódico famoso!
Fica na paz, a mesma que estou sentindo agora.
Deus te abençoe!

Alexandre Mauj Imamura (lostinjapan.tk) disse...

adorei seu texto, a leveza poética, que nos transporta para outros mundos...
encantador!
bom fim de semana

Van disse...

Que lindo!

Derramar as inquietudos é sábio

Beijos Fernanda!

Maria Lúcia - Asas da Imaginação disse...

Oi Fernanda!
Puxa vida, que texto lindo! Parabéns! Muito interessante o que vc disse sobre a força da beleza da natureza que consegue prevalecer mesmo nas grandes metrópoles, cheias de concreto.
Amiga, não sou adventista, apesar de admirá-los muito. Procuro seguir a Cristo, em conformidade com o que está nas Sagradas Escrituras.
A propósito, passei no blog de sua amiga Lidionete e fiquei muito emocionada com os depoimentos que li. Que Deus fortaleça os enfermos, em suas aflições.
Beijos, querida e obrigada pelo carinho de sua visita.

Paty disse...

Muitas das coisas da vida , do nosso dia á dia é simplesmente inesplicavel , inesquecivel e que muitas vezes (infelizmente) só vamos entender o do "porque" tempo depois... mais na minha opinião tudo acontece no seu tempo...
Bjs é ótima semana!!!

João Ludugero disse...

Que texto gostoso para se refletir, uma tarde amena, o final de um dia que emana assim muita paz. O crepúsculo me traz (e)ternas saudades.
Gostei do seu poema a resserenar. Gosto do seu modo de escrever, de levar as palavras pra dentro da gente, rasgando perfumes ou nos entornando cântaros balsâmicos que harmonizam corpo e mente. És única!
Hiper abraço,João.

Talita disse...

Olá andei meio distante do mundo dos blogs, mais agora estou voltando, aproveitando o tempo livre para deixar um beijo e desejar uma linda e abençoada semana!!

Fique com Deus, boa noite, bjuss
Tata
http://tatapalavrasaovento.blogspot.com

Olho no olho disse...

Lembrei-me muito nos fins de tarde nas cidades de interior por onde ando, onde vejo as pessoas dando suas caminhadas ou os trabalhadores voltando para suas casas após um dia de trabalho e com o céu na cor da foto que você colocou sobre suas cabeças. Simplesmente lindo!
Parabéns.

Leandro Lima disse...

Eu tenho uma amiga que fala que temos que ver o nascer e o por do sol pelo menos uma vez ao ano...

Tatiana Kielberman disse...

Sempre muito bonito e intenso!!

Beijos, querida!