quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Em retrospectiva



Já em ritmo de final de ano, faço uma retrospectiva dos momentos vividos e posso dizer que 2012 foi um ano de muitas surpresas e aprendizados. Um ano que começou mais ou menos igual a tantos outros, com muito trabalho, algum descanso, sorrisos, família, tranquilidade, alvoroço, silêncios e sons. Como tantos outros...

A grande surpresa chegou há poucos meses na forma de uma gravidez inesperada e muito celebrada. Mais um filho, outro presente divino a fazer parte das nossas vidas... E os nossos dias que ficaram ainda mais coloridos um dia se tornaram cinzentos, às oito semanas de gestação, com a descoberta de que o coraçãozinho do nosso bebê amado já não batia mais. A descoberta, a internação e tudo o que ocorreu desde então ainda machucam muito. Foi há um mês.

Pude então descobrir como a dor também pode nos fazer crescer. Perceber que o amor não tem tempo para acontecer, que poucos dias de uma presença podem deixar um vazio imenso na ausência. Que todo o amor contido na maternidade inunda o coração muito antes do que se pensa. E talvez o maior aprendizado de todos seja saber que Deus nos ama infinitamente e que tudo o que ele permite é para o nosso bem. Se fosse para esse serzinho tão amado sofrer de alguma forma aqui neste mundo, preferiria sem dúvida deixá-lo ficar sob os cuidados de Deus. Mas esta dolorosa lição eu ainda estou aprendendo um pouco a cada dia.

Se tenho motivos para celebrar o ano que se encerra? Sim, sem dúvida. Em meio ao vendaval de emoções em que me vi mergulhada pude constatar os cuidados e o amor de Deus. Tenho uma familia maravilhosa, amigos muito queridos, gosto de sentir os milagres e as alegrias das coisas mais simples. E ainda por cima tenho uma estrelinha no céu a iluminar a minha vida - presentes tão valiosos têm que ser celebrados.

Deixo o texto do professor Aluísio do blog http://sonhosdeumprofessor.blogspot.com.br/ como mensagem da Natal para todos:


O NATAL VERDADEIRO
Texto de Aluísio Cavalcante Jr.


Silêncio!

O Natal está chegando.
Já podemos ouvir os sons que chegam das ruas.
Já podemos ver as árvores enfeitadas de luzes.

Na televisão muitas propagandas falam do Natal.
Crianças correm e pedem presentes.
As lojas se enchem de pessoas que correm de um lado ao outro
Cheias de pacotes.
Comemoram-se as compras, as vendas, o consumo.


Mas o verdadeiro Natal não é esse.
O verdadeiro Natal chega silencioso a cada vida,
E toma conta de cada coração
Que não tenha perdido a doçura de sentir.

Este natal chega de graça,
E também cheio de graça,
Trazido pelo brilho suave da mais bela das luzes,
A luz da fé.


Por isso neste Natal
Mais que presentes é preciso distribuir amor.
É preciso abraçar nossos amigos.
Dividir a nossa mesa com aqueles que têm fome.

É preciso amar nossas famílias.
Caminhar com os nossos filhos.
Reaprender a doçura de sentir.
Sentir como é bom estar vivo.
Sentir como é bom ter um lar.

Sentir a grandeza do amor de Deus
Por meio do presente maior que poderia nos ser dado:
Seu filho Jesus.

E cada um que celebre esta noite.
Cada homem, cada mulher,

Que entenda que o Natal não é consumo, é doação.
Que entenda que o Natal não é uma data, é celebração.
Que sinta o coração encher-se de esperança.

Tem a obrigação de ensinar a cada dia,
O valor da fé, da amizade, da solidariedade,
E celebrar o verdadeiro nascimento de Jesus,
Que nasceu para que o mundo fosse melhor.
Que nasceu para que o mundo fosse amor.

13 comentários:

Mariana disse...

Querida, procurei palavras para te dizer mas não encontrei. Apenas te digo que Deus te ama e está cuidando do seu bebê de forma perfeita.

Beijos e que Cristo faça morada em seu coração.

Olho no olho. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Olho no olho. disse...

O que dizer de um relato como este, triste embora maduro. Já ouvir dizer muitas vezes, que no sofrimento as pessoas crescem. Creio que isso talvez seja por que as dores às vezes marcam mais que os momentos felizes. No seu caso, graças a Deus, você tem mais momentos felizes que tristes.
Quanto ao texto poético sobre o natal que você acrescentou na postagem, muito bonito e profundo.
Abraços.

Lucinalva disse...

Olá Fernanda
Obrigada pela visita ao meu blog, gostei muito. Deus está no controle da tua vida, dando força para enfrentar os momentos difíceis. Ele é a nossa força. Lindo poema sobre o Natal. "Sentir a grandeza do amor de Deus por meio do presente maior que poderia nos ser dado:
Seu filho Jesus." Aluísio tem um lindo talento, escreve muito bem. Desejo um feliz natal amada para você e sua família. Bjs

Van disse...

Fernanda querida

Sinto muito por sua perda, mas como você diz, tudo o que Deus permite tem um propósito e mesmo sem compreende-lo aceitá-lo é o que nos cabe.

Que seu ano que vem seja repleto de alegrias, de surpresas boas e realizações.

Feliz Natal!

Roberta disse...

Nanda, esse bebê passou pouco tempo com você mas o que ele te trouxe será eterno. Um dia vocês se reencontrarão e dessa vez será de forma perfeita e eterna.

Feliz Natal, amiga!

Marilia Cynara disse...

Li seu comment no Perdi Meu Bebê. Pois é querida...ninguém mais entende o que passamos, nem o nosso companheiro consegue captar tudo oq ue passa nos nossos corações, SÓ quem já passou por isso. Força, o seu bebê certamente quer uma mãe como você, disposta a vencer a dor e ser grata a Deus portudo de bom.

Liliane Aguiar disse...

Espero que Deus esteja sempre com você e que toda dor se transforme em aprendizado, querida.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Obrigado pela publicação
do texto,
e pelo depoimento
de vida de tuas palavras...

Desejo que o Ano Novo
se transforme em tua vida
em Dia Novo,
para que em todo anoitecer
existam fogos de artifício
para colorir os céus do teu olhar
das mais singelas alegrias,
e a cada amanhecer
existam sonhos simples
para dar novos sentidos
a tua vida.

Aluísio Cavalcante Jr.

Inara disse...

Que o ano que está iniciando seja de paz e que tudo o que viveu nesta experiência seja transformado em aprendizado. Um feliz 2013.

Ana de Geo disse...

Oi, Fernanda! Que bom receber sua visita e seu carinho lá no cantinho. Ando tão afastada do blog ultimamente. Mas vim te agradecer e te desejar os melhores votos para 2013. Sucesso e paz! Beijo!

Smareis disse...

Depois de um tempinho ausente do blog estou de volta.Já tem postagem nova.
Deixo um grande abraço!
Ótima semana!

Refletindo com a Smareis---Clique Aqui----

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Há visitas aos lugares amigos,
para recolher palavras.
Há visitas a estes mesmos lugares
Para semear palavras.
A visita de hoje além da leitura
das preciosas palavras que aqui encontro,
é também para agradecer
a alegria de passar pela sua vida
e encontrar o perfume da amizade
de forma tão intensa.

Que a sede da alegria
Nunca cesse em ti.