quarta-feira, 26 de setembro de 2012

É Proibido (Pablo Neruda)



É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.
É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,
Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos
Não tentar compreender o que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,
Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,
Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,
Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se
desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,
Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,
Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.
É proibido não buscar a felicidade,
Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual.

10 comentários:

Olho no olho. disse...

Grande Pablo Neruda!

Roberta disse...

Positividade sempre! Final de semana com esse pensamento já vai chegar com o pé direito1!!!!!!

Talita disse...

"Das orações que tenho pra hoje, essa é a que vem primeiro: Que a força do bem seja dez vezes maior que a do mal."

Um lindo e abençoado final de semana!! Beijos

Adriana disse...

Neruda sempre acrescenta algo às nossas vidas, não é?

Espero sua visita lá no blog

Adriana - ArteVida

Talita disse...

Que a semana comece bem pra todos nós. Que as experiências nos alarguem por dentro e nos melhorem… sempre. E que haja alegria. E serenidade quando houver dor. Porque isso tudo é só uma parte do processo. Desse eterno processo. Não percam o foco, nem a esperança. A meteorologia nem sempre está certa…

Beijos!!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

E há ainda
quem duvide,
que a alegria
more nas coisas simples...

Que a sua vida seja sempre
um tributo a esperança.

Lucinalva disse...

Olá Fernanda
Parabéns pelo lindo blog, amei a mensagem. Que Deus te abençoe sempre. Um forte abraço.

Smareis disse...

Olá Fernanda,
Depois de um tempinho ausente aqui estou pra matar a saudades...
Adorei sua postagem,
Maravilhosa poesia, com uma excelente inspiração divina.
O Pablo Neruda é um grande mestre!
Deixo um grande abraço, com desejo de uma ótima semana!
Beijos!

Cida Kuntze disse...

Oi Fernanda!
Linda mensagem. Também gostei muito da postagem anterior. Que lição mesmo de superação e companherismo!
Fiquei feliz com a sua visita lá no Recanto das Mamães e com o seu comentário no meu post.
Obrigado!
Depois que passar a correria da mudança, visito os blogs com mais tempo.
Beijos e tudo de bom pra você.

António Jesus Batalha disse...

Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, achei-o muito bom, e espero vir aqui mais vezes. Meu desejo é que continue a fazer o seu melhor, dando-nos boas mensagens.
Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito honrado.
Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais,mas gostaria que não se sinta constrangido a seguir, mas faça-o apenas se desejar, decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa encontrar o seu blog.
Deixo a minha benção e muita paz e saúde.